Comida Mateira

A Comida Mateira Escoteira é a técnica de se cozinhar sem o utilização de utensílios domésticos. É a comida típica dos escoteiros nos acampamentos. Preparar a própria comida é um desafio e sempre uma grande distração para os jovens. As técnicas de cozinhar em acampamento fazem parte do programa de treinamento dos escoteiros. A comida mateira ainda é uma importante alternativa a comida rotineira industrializada.

Para sua realização, o escoteiro geralmente precisa improvisar para substituir os utensílios comuns, como as panelas, fogões e talheres. Os alimentos são geralmente feitos diretamente na fogueira, como milho assado, maçã ou banana na brasa, cebolas douradas e o pão do caçador. Esse aprendizado culinário tenta também quebrar o estigma de que os meninos não sabem cozinhar. Nos acampamentos, meninos e meninas sempre dividem as tarefas na cozinha.

Um dos principais componentes para se fazer comida mateira é o papel alumínio. Cozinhar em papel alumínio é a versão moderna de cozinhar em folhas ou argila. É limpo, fácil e sem panelas para carregar ou pratos para lavar. O Papel alumínio é usado para grelhar, cozinhar, fritar, dourar e cozinhar alimentos no vapor. Cozinhar no vapor se faz selando o alimento num envelope de maneira que a umidade não possa escapar. O papel alumínio também pode ser encontrado as caixinhas de leite longa vida. Estas caixinhas podem ser transformadas em uma eficiente panela.

Para improvisar um prato, pode ser usado um nó de bambu grosso cortado ao meio, ou ainda cascas duras de árvores. Já os talheres podem ser substituídos por bambus esculpidos. Com bambu também podem ser feitos palitinhos chineses. Para a conservação dos alimentos, pode ser usada a água corrente de um rio. Alimentos imersos em água corrente podem substituir eficientemente uma geladeira.

 

Algumas receitas:

Pão a Caçadora:

Material:
500 g de Farinha de Trigo
1 colher de sopa de Sal
1 xícara de água Morna
1 pacote de fermento Monopol

Coloque em um recipiente a água morna, e dilua na mesma, o sal. Agora, misture o fermento com a farinha. Após isso, faça um monte com a farinha de trigo, cave uma depressão e nela coloque um pouco da água preparada anteriormente, vá mexendo, apertando, colocando mais farinha e água a medida que a mistura vai se transformando em massa. Amasse com paciência e continuidade até que a massa não grude mais nas mãos.

Transforme essa massa embolada em uma tripa da grossura de um dedo e enrole-a num espeto, previamente aquecido. Cozinhe-o em um fogo de brasas, a distância de 10 a 15 cm, girando de tempos em tempos para que asse de todos os lados, lentamente

 

Ovo no Espeto

Coloque o espeto no ovo,  é necessário furar o ovo nas duas extremidades, para isso, bata-o levemente em uma pedra ou algo duro, é necessário cuidado para não quebrar o ovo. Após, coloque o espeto com o ovo a uma distância de cerca de 15 cm de um fogo em brasas É normal, que enquanto o ovo estiver no fogo, derrame um pouco de sua gema, porém, quanto menor for o buraco onde foi colocado o espeto, menos conteúdo será derramado.

Arroz sem panela

 

Ingredientes
Arroz,
Água,
Sal,
Caixa de leite longa vida.

Modo de Preparar:
1 - Abra a caixa de leite pela parte de cima.
2 - Encha dois terços da caixa com água.
3 - Coloque três punhados de arroz e uma pitada de sal.
4 - Feche a caixa e coloque perto da brasa.
5 - Não deixe o arroz queimar.
6 - O arroz demora cerca de meia hora para ficar pronto.